home‎ > ‎Carta ao Leitor‎ > ‎

ed89


Ao Leitor
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ciência, Tecnologia e Sociedade


O que as pessoas entendem por progresso científico e tecnológico? Como são capazes de alcançar uma formação crítica sobre temas que afetam a sua realidade? O quão possível é a ideia de uma sociedade consciente e livre de alienação científica? Todos esses questionamentos giram em torno de um conceito valoroso, mas ainda pouco difundido: a alfabetização científica. Processo que consiste em apresentar informações científicas complexas de forma clara e acessível à população.

Não é novidade que o nosso cotidiano é marcado pela influência da ciência e da tecnologia e depende diretamente dos seus avanços. Divulgar esses feitos – avanços científicos e tecnológicos – vai muito além do propósito de apenas informar a sociedade. Divulgar ciência é contribuir para o desenvolvimento crítico e reflexivo da população, encurtando, assim, a distância entre ciência, tecnologia e sociedade e colaborando para democratizar o conhecimento científico.

Acreditando nisso, há 10 anos o Jornal PET-Elétrica tem buscado disseminar o conhecimento científico e tecnológico com linguagem compreensível ao mais leigo dos leitores e recorrente a nossa realidade diária.

A realidade é movida por Energia Elétrica. Com essa afirmação ousada e evidente, apresento o nosso primeiro exemplo de como os avanços científicos e tecnológicos afetam a sociedade e a importância de divulgá-los. Nos últimos anos, o aumento do uso de alternativas renováveis para a produção de energia contribuiu para alterações na matriz energética do mundo. Uma dessas alternativas é o aproveitamento da energia solar por meio de painéis fotovoltaicos. A novidade é a possibilidade de o consumidor armazenar a energia solar em inovadoras baterias de íon-lítio propostas pela empresa Tesla Motors.

Outro exemplo consiste na promoção da acessibilidade por meio da Tecnologia, que tem possibilitado a inclusão social de muitas pessoas portadoras de deficiências especiais. É o caso dos aparelhos auditivos utilizados por pacientes com vários níveis de surdez. A produção desses dispositivos tem atraído muitos investimentos nos últimos anos, resultando em soluções cada vez mais eficientes e modernas.

Por fim, mas não menos importante, pelo contrário, talvez o maior agente transformador dos hábitos humanos: o telefone celular. Aparelho de comunicação que sofreu muitas modificações desde o surgimento do primeiro exemplar no início da década de 1970 e sua evolução o tornou item indispensável no dia a dia da população mundial.

Sem dúvidas, esses três exemplos de avanços científico e/ou tecnológico influenciaram e continuam influenciando diretamente a vida em sociedade. Por esse motivo, foram escolhidos para protagonizar as matérias dessa edição. Assim, com “A Necessidade da Alfabetização Científica”, “Baterias Powerwall e o Futuro da Matriz Energética Global”, “Aparelhos Auditivos: Acessibilidade e Futuro” e “A História do Telefone Celular” tenho o prazer de apresentar a 89ª Edição do Jornal PET-Elétrica.

Não deixe de conferir as seções culturais (dicas de livros, filmes, série, música e a galeria do mês) e a seção técnica. Reforço ainda o convite a participar da segunda chamada de trabalhos técnicos (para mais informações acesse: https://sites.google.com/a/ee.ufcg.edu.br/jornalpet/home/chamada-de-trabalhos).



Boa leitura a todos!


Wislayne Dayanne Pereira da Silva (Editora-Chefe)

Equipe Editorial do Jornal PET-Elétrica




   






















Comments