home‎ > ‎Carta ao Leitor‎ > ‎

ed63



---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Carta ao Leitor


Prezado Leitor,

A curiosidade do ser humano é, talvez, o principal fator que contribui para as descobertas científicas e para o desenvolvimento de novas tecnologias no mundo. Seja ela motivada por benefício próprio, como o caso da invenção da mountain bike, ou por um motivo mais abrangente, como a criação de braços robóticos controláveis capazes de realizar cirurgias com alta precisão. Acrescentando essa característica à “necessidade” do homem de querer se atualizar continuamente, tem-se como resultado um enorme acervo de invenções tecnológicas.

Nesta 63ª edição do Jornal PET-Elétrica, aborda-se, no artigo “A Revolução do Open Source e do Do it Yourself”, a facilidade para o desenvolvimento de novos programas e projetos utilizando códigos abertos, os chamados open sources, disponibilizados pelos desenvolvedores de algum dispositivo eletrônico ou de algum aplicativo. Com isso, o movimento Do it Yourself (“Faça você mesmo”) surgiu com o intuito de incentivar as pessoas a aperfeiçoarem os códigos já existentes, como também, a criação dos seus próprios.

Combinando a curiosidade do homem para desenvolver novos projetos com a de descobrir o que há de desconhecido no universo, gera-se como resultado o desejo pela exploração espacial. As tecnologias de ponta produzidas permitem que o ser humano possa explorar o espaço, tanto por meio de fotos e vídeos gerados por satélites como pela Estação Espacial Internacional (International Space Station – ISS), onde são realizadas diversas pesquisas, sendo uma delas para viabilizar que o homem permaneça no espaço por mais tempo. Mais detalhes podem ser vistos no artigo “Exploração espacial e sua contribuição na nossa vida diária”.

Durante a crise de energia de 2002 no Brasil, um morador, Alfredo Moser, de Uberaba, em Minas Gerais, desenvolveu uma forma bastante simples de se obter luz durante os apagões: a “luz engarrafada”. Com o auxílio de garrafas PET cheias de água, luz solar e um pouco de cloro, ele conseguiu iluminar os ambientes internos de sua casa. Essa simples invenção tem uma funcionalidade bastante útil e pode ser uma possível solução para que se reduza o consumo de energia elétrica relativo à iluminação, como se pode verificar no artigo “A lâmpada de Moser”.

No artigo “Campus Party: um evento para surpreender” é relatado como ocorreu a Campus Party em janeiro de 2015 na cidade de São Paulo. Essa edição do evento, a oitava, que contou com a participação de 8 mil inscritos foi considerada pelos organizadores como a melhor já ocorrida. Nele foram ministradas palestras e oficinas, para que os participantes pudessem interagir com as novidades do universo tecnológico. Ainda, houve o espaço reservado para empresas fazerem divulgação dos seus trabalhos, como também, oferecerem uma oportunidade para os participantes de mostrarem seus projetos, com o intuito de serem selecionados para uma vaga de trabalho.

Na seção cultural do Jornal PET-Elétrica, foram produzidas dicas de livros, de filmes e de música. Para desfrutar sua leitura, têm-se as dicas de livros “Senhores e Servos”, escrito por Leon Tolstói, e "A Batalha do Apocalipse", redigido por Eduardo Spohr. Vindo direto do cinema, o filme cujo protagonista ganhou o prêmio de Melhor Ator no Oscar 2015, "A teoria de tudo", dirigido por James Marsh, e "De Volta ao Jogo", dirigido por David Leitch e por Chad Stahelski, são os filmes indicados. Na dica de música, sugerimos a composição de Dustin O’Halloran o disco “Piano Solos”.

Boa leitura!

Equipe Editorial do Jornal PET-Elétrica



   







A convite do Jornal PET Elétrica, a engenheira eletricista Rachel Suassuna de Medeiros escreveu sobre a turma de 1973, da então Escola Politécnica da UFPB. Confira!




O Professor Dr. Marcelo Sampaio de Alencar destaca, em seu texto, as finalidades do Iecom, as pesquisas, as parcerias e os projetos nos quais está envolvido. Confira!








Comments