home‎ > ‎Carta ao Leitor‎ > ‎

ed46

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Carta ao Leitor


Prezados leitores,

É interessante observar como, em pleno século XXI, as diferenças tecnológicas entre regiões estão ainda firmes. Em certos lugares, há orgulho e admiração pelos aparatos tecnológicos desenvolvidos, em outros ambientes, há apenas indignação e preocupação com manutenção precária de determinados sistemas. Infelizmente, a consciência humana sobre os possíveis impactos de suas invenções não cresceu com a mesma velocidade com que os brinquedos revolucionários. Hoje, apesar de o ritmo ainda desalinhado, a humanidade tem uma maior visibilidade dos seus atos sobre o planeta e muito para aperfeiçoar.

Nesta 46ª edição do Jornal PET-Elétrica, há uma abordagem sobre a importância do recurso hídrico na produção de energia elétrica e relatos de pesquisadores sobre o risco de seca no artigo “Água: um recurso essencial, um bem finito”. Como se não bastassem os desperdícios ocasionados pelos habitantes, os sistemas de abastecimento de água sofrem com a ineficiência dos equipamentos e dos meios utilizados para transportar a água tratada até o usuário final. Perdas e desperdícios lastimáveis são registrados em dados estatísticos, o que se torna extremamente preocupante face à previsão de meses de estiagem na região do semiárido.

Enquanto na Paraíba são utilizados aparelhos obsoletos na manutenção do sistema hídrico, nos EUA, a Google possui muito mais serviços do que o seu site de busca. Além dos aclamados Gmail, Google Maps e outras indispensáveis funcionalidades, a empresa conta com o Google X, laboratório de pesquisa. Nele, há uma equipe dedicada e dotada de altas tecnologias para desenvolver, principalmente, hardwares. Algumas das invenções lá desenvolvidas você confere no artigo “Google X, o laboratório por trás do Google”.

Sempre ousado, o homem passou a explorar dimensões invisíveis a olho nu, mas que guardavam surpresas e um potencial inovadores. No artigo “Nanotecnologia: mais uma promessa da ciência”, você, caro leitor, terá algumas noções sobre o que já está sendo feito e o que ainda está por vir com o uso da nanotecnologia, um tema que só tem de pequeno o tamanho.

Ainda na linha visionária, esta edição do Jornal conta com um artigo escrito pelo Professor Doutor Benedito Antonio Luciano sobre “Eletromobilidade”. Com os carros elétricos, os meios de transporte ganharam mais um aliado movido por eletricidade. No entanto, quais impactos essa tecnologia considerada “verde” pode causar sobre o meio ambiente? Seria de fato melhor que veículos impulsionados por combustíveis fósseis?

Com o fim do período letivo 2013.1, muitos estudantes aproveitam o momento de ócio para refletir sobre a situação em que se encontram na universidade, se estão seguindo o caminho certo, a carreira certa. Uns mantem-se firmes na graduação, outros, porém, abandonam-na. Em “Como engrenagens”, um universitário compartilha com você uma preocupação de todos - a evasão acadêmica - e expõe alguns dos fatores que contribuem para ampliar os números a respeito desse problema e ajudar o leitor a fazer a fazer sua reflexão pessoal.

Enriquecendo as “Publicações DEE”, o Professor Doutor Waslon Terllizzie Araújo Lopes faz um relato sobre a estrutura do instituto onde trabalha (Iecom), sua área de atuação e seus projetos científicos em desenvolvimento. Visando aperfeiçoar o lado cultural da sociedade, novas dicas de livros e de filmes também estão presentes na 46ª Edição do Jornal PET-Elétrica.

Boa leitura!

Equipe editorial do Jornal PET-Elétrica



   









 


A convite do Jornal PET Elétrica, o Prof. Edmar tece comentários a respeito de sua experiência no exterior. Confira!


 


O Professor Dr. Waslon Terllizzie Araújo Lopes fala sobre suas áreas de atuação, descreve o instituto ao qual está vinculado e comenta sobre seus projetos de pesquisa em andamento. Confira!






Comments